Manutenção
26 Mar 2019

Fumaça do escapamento: cores e significados

 

 A fumaça do escapamento do seu carro é um bom indicador da saúde do motor. Um automóvel bem regulado executa uma queima adequada de ar e combustível, produzindo uma emissão filtrada e incolor.

Caso seu carro emita fumaça visível, atenção: há alguma coisa errada com seu veículo. De modo geral, os carros com problemas apresentam fumaças de três cores. Vamos a elas:

Fumaça azulada

A fumaça azulada é sinal que seu carro está queimando lubrificante. A razão desse problema pode ser uma folga no motor provocada por retentores e juntas desgastadas. O problema pode estar ainda nos anéis dos pistões, que já não conseguem evitar que o óleo entre na câmara de combustão do motor. Essa fumaça é a mais perigosa, pois suas causas podem levar à falta de lubrificante e, consequentemente, ao superaquecimento e fundição do motor.

Fumaça preta

Mais comuns em motores a Diesel, a fumaça preta sinaliza que seu carro está queimando mais combustível que o necessário. O problema está na injeção ou no carburador mal regulado. Um filtro de ar saturado também pode ser o causador da fumaça preta.

Fumaça branca

Em dias frios, quando você acaba de ligar o seu carro, ele pode emitir uma fumaça do escapamento branca inofensiva: trata-se apenas do efeito do ar frio sendo condensado. No entanto, uma fumaça branca persistente indica que o motor está fervendo água dentro da câmara de combustão, juntamente com o ar e o combustível. A causa pode ser danos na junta do cabeçote. Outro sinal desse problema é a rápida diminuição do líquido de arrefecimento no reservatório. Atenção para não ficar sem o líquido de arrefecimento e sobreaquecer o motor.

Observe sempre os sinais que seu carro passa a você. Problemas inicialmente simples podem se transformar em danos realmente graves e custosos (tanto para o seu bolso como para o meio ambiente!) 

Quando você fica atento, além de evitar gastos maiores, contribui para um ar mais saudável. 

 

Fonte: KYB