Manutenção
25 Fev 2019

Filtro de cabine ou filtro do ar condicionado

Qual a importância?

O filtro de cabine, apesar de ser menos popular que o filtro de ar do motor e o filtro de óleo,  desempenha um papel essencial para a filtragem de poluentes que circulam no interior do veículo.

Por estar em um local de acesso um pouco difícil, o filtro de cabine acaba não recebendo tanta importância por parte dos motoristas, sendo facilmente confundido com o filtro de ar do motor.

O que é?

O objetivo principal dos filtros de cabine, encontrados na maioria dos veículos, é manter o ar dentro do carro limpo. Seu trabalho é filtrar todo o ar que vem através do sistema de ar condicionado do carro, a fim de evitar a entrada de poluentes como poeira, pólen, smog (neblina de fumaça causada pelo acúmulo da poluição do ar nas cidades) e esporos produzidos pelo mofo. Os filtros também podem capturar excrementos de roedores, folhas e outros detritos indesejados, minimizando possíveis problemas com alergias.

Além de melhorar a qualidade do ar, substituir o filtro de cabine pode impedir um reparo mais caro no sistema futuramente (como no ar condicionado). Na maioria dos veículos modernos, ele costuma estar localizado atrás do porta-luvas ou sob o capô ou painel.

Quando substituir?

Geralmente indica-se que a substituição seja feita entre 20.000 e 40.000 km rodados - ou uma vez por ano. Alguns mecânicos recomendam que a troca seja feita a cada 45.000 km, mas é sempre importante verificar o manual do proprietário antes. Caso o veículo rode em áreas muito sujas ou poluídas, sugere-se que o prazo para a substituição seja reduzido.

Como substituir?

Normalmente é necessário remover o porta luvas para acessar o filtro de cabine. Pode ser preciso retirar algumas travas e pinos e, nesse momento, é importante estar atento para que esses acessórios não quebrem.

 

Fonte: Carro de Garagem